CONFERÊNCIA NACIONAL 2017

Banner Site 800x300px

A Conferência Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais, realizada anualmente pela Unale – União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais, chega à 21ª edição em 2017. Como destaque de sua maioridade, a CNLE deste ano objetiva reunir o maior número de parlamentares e entidades legislativas para discutir as mudanças necessárias para o desenvolvimento do Brasil.

A 21ª CNLE será realizada nos dias 07, 08 e 09 de junho, em Foz do Iguaçu-PR. A estimativa de público gira em torno de 1.500 participantes, entre deputados, assessores legislativos, entidades nacionais e internacionais, com representantes de diversos países.

O grande evento terá como abordagem principal “O Brasil e suas reformas”, aprofundando as discussões sobre a relevância do poder legislativo estadual, a crise nos estados e as soluções, as reformas política e trabalhista, além de outros temas de relevância nacional e internacional.

Com a finalidade de estabelecer um espaço de oportunidades para a realização de palestras e provocar o debate sobre temas incorporados às agendas regionais e nacionais, a 21ª CNLE favorece a interlocução entre os parlamentos estaduais na discussão de temas relevantes para garantir o crescimento do país.

Este intercâmbio de experiências proporciona aos participantes ampliar a sua área de conhecimento e melhorar as políticas públicas regionais com inovações e soluções adotadas fora de seus estados. O evento também oportuniza o encontro das entidades vinculadas aos legislativos estaduais, para a atualização profissional e discussão de temas relacionados com as suas atividades funcionais.

CONFERÊNCIAS ANTERIORES

2016 – Aracaju/SE

“Rediscutindo o Brasil”, foi o tema da 20ª CNLE, que aconteceu de 1º a 3 de junho, no campus da Universidade Tiradentes (Unit), em Aracaju, Sergipe. Com palestras que abordaram discussões sobre governança pública, desenvolvimento e segurança jurídica, desburocratização, entre outros, o evento recebeu cerca de 1.500 participantes, entre deputados, assessores legislativos, senadores e entidades nacionais e internacionais.

2015 – Vitória/ ES

Com o tema “Mudanças Globais e os novos rumos”, a Conferência recebeu 1.155 participantes que assistiram a palestras com temáticas envolvendo ética e segurança jurídica, o pacto federativo, infraestrutura de logística no Brasil, sustentabilidade, além de uma análise do cenário econômico brasileiro. O evento, realizado nos dias 27, 28 e 29 de maio, contou com a presença de grandes nomes da política nacional e internacional.

2014 – Brasília / DF
Após 17 anos, a Conferência Nacional retorna a capital do País para sua 18ª Edição. O evento foi realizado no Centro de Eventos da Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio – CNTC, entre os dias 6, 7 e 8 de maio. Com os temas “Eleições – desafios e oportunidades e A agenda de investimentos urgentes para o Brasil”, o encontro promoveu o debate e a troca de experiências entre parlamentares, agentes legislativos e membros da sociedade civil dos 26 Estados e do Distrito Federal.

2013 – Recife / PE
Realizada no Centro de Eventos do Recife, a XVII CNLE tratou do tema “Os Desafios para o Futuro que queremos” e trouxe uma visão sobre o panorama econômico do Brasil, as reformas julgadas necessárias para o equilíbrio federativo e os desafios para o desenvolvimento sustentável. O evento contou com a presença de delegações internacionais, parlamentares e técnicos legislativos de todos os estados brasileiros, alcançando um público de 1.300 (mil e trezentos) participantes.

2012 – Natal/RN
O evento bateu o recorde de público do ano anterior. 1.603 (mil e seiscentos e três) participantes assistiram a palestras e seminários com o tema: “Matriz Energética e Alternativas para o Futuro”.

2011 – Florianópolis/SC
Recorde de público e sucesso garantido, a Conferência que teve como tema “Brasil – Reformas e Perspectivas” tratou sobre assuntos da atualidade e teve retornos positivos que marcaram este evento.

2010 – Belo Horizonte/MG
A capital mineira recebeu o evento “Desenvolvimento Urbano – O Futuro em nossas mãos”. A Cidade Administrativa foi tomada por parlamentares que trataram do desenvolvimento do país.

2009 – Belém/PA
Tratando da “Saúde Pública no Brasil”, o evento foi sucesso garantido em público, mídia e notoriedade. O objetivo principal foi nortear soluções para a precariedade da saúde no Brasil.

2008 – Fortaleza/CE
A XII Conferência Nacional da Unale não teve um tema fixo neste ano. Em terras cearenses, foram tratados temas de interesse de todo o legislativo estadual.

2007 – Porto Alegre/RS
Com o tema “A Reforma Política em discussão”, novamente a Unale oferece um debate amplo e direto sobre um assunto de interesse de todo o país, com o objetivo de propor um debate nacional.

2006 – Manaus/AM
Reunidos para discutir um projeto que fortalecesse o legislativo estadual, os parlamentares debateram “Amazônia, Patrimônio do Brasil”, com o intuito de encontrar alternativas para salvar a Amazônia.

2005 – Mata de São João/BA
O Pacto Federativo foi mais uma vez destacado no evento da Unale. O tema deste ano foi: “O Pacto Federativo em Discussão”.

2004 – João Pessoa/PB
A Conferência continuou a dar destaque à reforma política a partir da visão dos legislativos estaduais.

2003 – São Luís/MA
O assunto principal foi a reforma política, que já vinha sendo polemizada durante o período de 8 (oito) anos. O tema central foi: “A Unale e as Reformas – Os deputados estaduais e as mudanças no País”.

2002 – Manaus/AM
“Ampliar o Poder de Legislar – O fortalecimento do seu estado depende de você. A hora é agora.” Em ano eleitoral, a VI Conferência propôs um debate sobre as Relações Internacionais, Marketing Político e Eleições.

2001 – Rio de Janeiro/RJ
Parlamentares e técnicos discutiram orçamento imperativo, avaliação das políticas públicas e responsabilidade fiscal. O tema foi: “Construindo um Legislativo Eficaz”.

2000 – Gramado/RS
Com a difusão da era da informatização, a IV Conferência teve como tema: “Desafios do Parlamento na Era Digital”. Parlamentares e técnicos reuniram-se para debater o poder no início do milênio.

1999 – Recife/PE
A III Conferência tratou do tema “A Crise Brasileira e o Pacto Federativo”, assunto que é discutido até os dias de hoje. O sistema federativo foi amplamente debatido neste evento.

1998 – São Paulo/SP
Com o tema “O Poder Legislativo dos Estados”, neste ano foram discutidos marketing político, legislação eleitoral, recursos hídricos, o papel da mulher no legislativo estadual e outros temas relevantes.

1997 – Brasília/DF
A primeira Conferência Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais deu início aos debates promovidos entre os legisladores estaduais.

TV UNALE

UNALE
SGAS 902 – Edifício Athenas
Entrada C – Salas 120 a 131
Asa Sul – Brasília – DF – Brasil
Fone: +55 61 3533.7300
Fax: +55 61 3533.7319
E-mail: unale@unale.org.br

CARTA DO PRESIDENTE

Assumo este ano a presidência da Unale, com o compromisso de dar continuidade ao trabalho desenvolvido com êxito por meus antecessores a frente de tão importante entidade. A responsabilidade é grande, mas o gosto pelo desafio e a certeza de que podemos fazer a diferença enquanto parlamento me faz seguir adiante, confiando nos resultados positivos.

Neste ano, a Unale comemora 21 anos de existência, pautados pela luta dos parlamentares pelo fortalecimento do poder legislativo. Venho somar forças junto a competente equipe e já seguimos com os preparativos para a 21ª Conferência Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais – evento que reúne anualmente mais de mil participantes de todo o país para discutir temas de interesse da sociedade brasileira.

A Unale representa os 1.059 deputados estaduais e, como representantes da sociedade que nos elegeu, temos o compromisso de lutar por políticas públicas que culminem em melhorias para as regiões. Portanto, é necessário colocar os problemas em foco e discutir as possíveis soluções dentro de um contexto nacional.

Com o tema “O Brasil e suas Reformas”, a 21ª CNLE traz para o debate assuntos que afetam diretamente a população e que dependem de um esforço conjunto para serem solucionados. Vamos discutir a crise econômica dos estados, o sistema carcerário e a crise penitenciária, as reformas da previdência e trabalhista, além da nossa constante luta pela autonomia do poder legislativo brasileiro.

O evento ocorre de 7 a 9 de junho, na cidade de Foz do Iguaçu, no Paraná. Desde já, agradeço a receptividade, compromisso e profissionalismo de todos para a realização do evento. A partir desse esforço conjunto, sabemos que estamos na direção certa para a mudança que tanto queremos para o Brasil.

 

Adjuto Afonso – AM

Presidente da Unale

 

CONHEÇA O PARANÁ

Localizado na Região Sul do país, o Paraná ocupa uma área de 199.554 km², que corresponde a 2,3% da superfície total do Brasil e conta com 399 municípios. Com 10.444 milhões de habitantes, o estado é formado predominantemente por descendentes de diversas etnias como: poloneses, italianos, alemães, ucranianos, holandeses, espanhóis e japoneses que lá se fixaram. Juntando-se ao índio, ao português e ao negro, formaram o povo e a cultura paranaense. O estado tem como principais cidades: Curitiba, Londrina, Cascavel, Ponta Grossa, Maringá, Guarapuava e Foz do Iguaçu.

Foz do Iguaçu está localizada no extremo oeste do Paraná, na divisa do Brasil com o Paraguai e a Argentina. A cidade é centro turístico e econômico e é um dos mais importantes destinos turísticos brasileiros. Com cerca de 260 mil habitantes, é caracterizada por sua diversidade cultural, com aproximadamente 80 nacionalidades.

Foz do Iguaçu é conhecida internacionalmente por suas atrações, que trazem visitantes do Brasil e do mundo. A mais famosa delas é o conjunto de quedas denominadas Cataratas do Iguaçu, no Parque Nacional do Iguaçu (Patrimônio Mundial Natural da Humanidade tombado pela UNESCO). Outras atrações são a Hidrelétrica Binacional de Itaipu (maior hidrelétrica do mundo em produção anual de energia), o Marco das Três Fronteiras, a foz do Rio Iguaçu (área onde as fronteiras da Argentina, Brasil e Paraguai se encontram), a Ponte Internacional da Amizade (divisa entre Brasil e Paraguai), a Ponte da Fraternidade (divisa entre Brasil e Argentina) e o Parque das Aves (com aproximadamente 900 aves de 150 espécies), entre outras.

Dentro do Parque Nacional, tombado como Patrimônio da Humanidade e uma das Sete Novas Maravilhas da Natureza, as opções são os mirantes e as passarelas. Nos arredores, há passeios de barco e helicóptero, caminhadas e rafting, sempre com as cataratas como pano de fundo. Parte da reserva pertence à Argentina e vale a pena cruzar a fronteira para descobrir os encantos do lado dos hermanos – é lá que fica a Garganta do Diabo, um dos saltos mais impressionantes.

Barra-site-novo